Religiões – paz e amor?

Religiões – paz e amor?

Por Laudenir Ferreira

paz amor e felicidade

Dias atrás, li em uma reportagem em que o Papa Francisco dizia que o Alcorão era uma religião que prega a paz. A noticia seria boa, se fosse verdadeira, haja vista que é baseado no livro sagrado dos muçulmanos que eles se baseiam para cometerem todas as atrocidades que cometem. Não quero aqui dizer que todo islâmico é terrorista, mas de certo são no mínimo coniventes com aquilo que os terroristas fazem.

Não chegou a ser nenhuma surpresa, ao menos para mim, a execução do piloto jordaniano, mas a forma como ele foi assassinado sim. Foi realmente uma coisa surreal, digna de um prêmio da academia de cinema de hollywood, com todo aquele jogo de cena, diversos homens fortemente armados e prontos para intervir caso o prisioneiro tentasse uma fuga, como se fosse possível fugir das grades, passar pelos soldados armados e por fim ter sua liberdade em seu país. Também é surpreendente a necessidade dos terroristas islâmicos de exibir todas as suas execuções, como quem quer chamar a atenção imputando culpa em outros povos pela sua crueldade e tudo pela honra de seu deus Aláh e do seu profeta Maomé gerando assim um ódio generalizado pelo Islã e seus seguidores. A comunidade internacional, a mídia e outras religiões pregam o fim do terror imposto por tais pessoas, mas por outro lado dá apoio bélico, e treinamento militar aos terroristas.

Isso me lembra de uma outra religião, a cristã, que costumava fazer o mesmo tipo de coisa contra quem ela considerava contra a sua doutrina, coisas do tipo queimar pessoas vivas, torturas, massacres de povos considerados hereges e até, pasmem, sorrir, isso mesmo sorrir era motivo para que alguém fosse torturado e morto, talvez não com o requinte de crueldade aplicado pelo Tribunal do Santo Ofício, mas sim pelas sequelas e danos causados às vítimas e pelo mesmo motivo que o islã o faz, para a honra e glória do seu deus. Nos dias atuais vamos várias denominações religiosas pregando o ódio e incitando seus membros a irem contra quem pense de forma diferente da deles, enquanto as mesmas protegem bandidos e estupradores que se juntam com tal finalidade. Buscam a todo custo dominar a política, enfiando leis absurdas em nossa constituição com o objetivo de tornar o nosso país em um novo oriente médio. Esse a quem me refiro, são os pastores protestantes, sim, protestantes por que protestaram no passado contra o próprio cristianismo que hoje querem estabelecer como único em nosso país, não posso chamar de evangélico, pois esse é todo aquele que segue um evangelho, são os mesmos que estão aqui no RJ, expulsando os pais e mães de santo das comunidades, que invadem templos católicos e vilipendiam sua imagens e os que se vitimizam quando falamos mau deles, isso não lembra o que aconteceu com o Charlie Hebdo? A possibilidade de acontecer aqui no Brasil não está descartada, pelo contrário a bancada evangélica é cada vez maior e se não fizermos nada para impedí-los em seus planos seremos um novo Afeganistão em breve.

Lutemos pela nossa liberdade, lutemos por amor, lutemos por um Brasil verdadeiramente laico.

Referências:

http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Internacional/Interior.aspx?content_id=4139627

http://papa.cancaonova.com/isla-nao-pode-ser-equiparado-ao-terrorismo-diz-papa/

http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2015/02/03/estado-islamico-afirma-ter-queimado-vivo-refem-jordaniano.htm

Anúncios

Deixe seu comentário ou sugira o assunto do seu interesse para futuras publicações!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s