Todo homem deseja outra mulher – Minha esposa que me perdoe!

Por Lucas Belarmino1wl1lm3jm8k1p69irex24tffi

Sim, somos animais!

O que vim contar neste post nunca fora dito antes. Ao menos nunca ouvi dizer!

Ao longo de séculos de evolução adaptamos leis que oprimissem nossos instintos.

O médico neurologista Sigmund Freud (prefiro citá-lo apenas como médico), dizia que todo homem é um poligâmico oprimido, em outras palavras, o homem foi obrigado, culturalmente, a sujeitar-se ao não cometimento da união com várias mulheres.

Se compararmos outras espécies com a nossa veremos o quão natural é, o macho alfa ser rodeado de fêmeas, enquanto outros animais do mesmo grupo, buscam dar uma “escapadinha” para tentar reproduzir e espalhar seus genes.

Sim, a natureza é extremamente egoísta. Por exemplo, o em algumas espécies o macho alfa não costuma caçar. Ele espera, enquanto os outros caçam e mexe-se apenas quando o animal já está morto pelos outros de seu grupo. E então vai se alimentar. Os outros menores tentam comer o máximo que conseguem enquanto o líder do bando não se aproxima e os expulsa.

Tudo é poder. No que diz respeito a algumas espécies, as fêmeas buscam aquele com melhores características que favorecem a sobrevivência para reproduzirem-se.

E o Ser humano?

Nossa natureza não é diferente, mas quando trata-se de características favoráveis a sobrevivência, demonstramos poder de outras formas.

Sempre existirá um padrão de beleza. Em certa época mulheres que hoje são consideradas acima do peso, eram sinônimo de saúde, já que a comida era escassa. O homem “Deus Grego” esbanja nas mulheres atração por um padrão de físico que demonstra qualidade, força e poder. Isto não demanda que toda mulher necessite de um homem neste quesito, pois as demonstrações de poderes variam de acordo com épocas.

O corpo humano “fala” através de gestos, formados em níveis evolutivos, que expressamos o tempo todo, mesmo inconscientemente.

A postura inclinada, os braços cruzados, a palma da mão para cima ou para baixo, olhos bem abertos ou serrados, lábios mordidos tentando reprimir palavras que o cérebro formou, olhar para a esquerda buscando a memória de sinais auditivos, mas quando olhando para cima, busca-se a lembrança de uma imagem. Não precisamos pensar para isso. Por todo instante estamos a nos comunicar inconscientemente.

Há pouco tempo vi uma pesquisa cientifica que demonstrou que ao olharmos um bebê, tendemos a curvar o pescoço, deitando a cabeça. Fazemos isso quando estamos a conversar com pessoas, aceitando o que nos está sendo transmitido. A inclinação do pescoço deixa evidente a veia jugular, que se atacada é fatal ao Ser humano. A pesquisa demonstrou que em nosso processo evolutivo quando agimos dessa forma é uma demonstração de que não somos uma ameaça. “Veja, aqui está minha veia jugular, não preciso me proteger de você, confie em mim”.

Mas no que diz respeito ao assunto de hoje. Todo homem deseja outra mulher, pois é natural.

O objetivo evolutivo de sobreviver e reproduzir não é diferente ao Ser humano. Os homens irão “caçar” mulheres a fim de, mesmo inconscientemente, acasalar e reproduzir. Esse desejo, claro, é reprimido pela cultura em que o homem moderno nasce. Mas, as evidências dos gestos e instintos, sempre estão presentes.

Meu texto não diz respeito a traição, tampouco deve favorecê-la. Só demonstro que o homem, por mais fiel que seja à sua esposa, sentirá atração por outras mulheres. Cresci em uma sociedade que incrimina a poligamia, portanto mais que justo que ache errado trair. Deve-se analisar que em outras culturas isto é normal e inatural seria o homem não tê-las.

A mulher busca no homem segurança. Esta qualidade transmitida se dá de diversas formas – inteligência, dinheiro, beleza ou caráter – cada mulher determina como segurança alguma destas características ou talvez uma seja suficiente. O homem a todo instante está a provar, não somente a si mesmo dos jaezes de poder, mas principalmente as mulheres. A busca incessante pela estética, a carreira profissional ou simplesmente a aprovação do caráter moral. Todas as formas de atrair a atenção para si, para torna-lo o alfa.

Algumas mulheres já se conformam. Suas buscas não produzem mesma intensidade para demonstração de poder em detrimento aos homens. Elas querem apenas segurança em troca do afeto, do carinho, do amor. Pode ser que a mulher não se preocupe em ganhar dinheiro, em estudar algum assunto afinco ou em ser uma “deusa” da estética.

Como disse anteriormente, as coisas vão se adaptando de acordo com a época. Meus pais viveram uma época em que o homem ia trabalhar para sustentar a casa e a mulher tinha como obrigação cuidar da casa e das crianças. Claro que hoje isso é visto como machismo e a atração por mulheres que buscam independência aumentou. Desta forma os homens “lutam” ainda mais para a aprovação de seus poderes (dinheiro, estética, inteligência, caráter).

Em um de meus textos ensinei o que é o amor e que amamos pela principal causa de que nossos filhos precisam de nós – vide aqui https://aasaoficial.wordpress.com/2014/12/04/amor-por-que-amamos/ .

Agora tem uma coisa. Isso que estou demonstrando aqui não justifica traição alguma. A atração existe e é forte, mas se o homem acredita nos direitos morais de uma firme relação com sua namorada ou esposa, deve se dar o respeito e saber o limite da atração.

O limite se dá na imposição de barreiras. Por exemplo, se uma mulher o paquera e ele “dá bola”, somente “por brincadeira”, para ver no que pode dar. Então ele passa a colocar em risco seu relacionamento. O despertar dos hormônios que ocasionam a paixão irá ocorrer e isto é indiferente do relacionamento que tem com sua mulher ser ou não conturbado. O homem não entende como está apaixonado por outra, já que seu relacionamento parece não ter defeito.

A imposição de limite só é possível se o homem não “der bola” no primeiro flerte. Isso exige seriedade e opressão de seu instinto natural.

Talvez esse texto deixe de lado o ciúme excessivo de seu cônjuge. Demonstrando que olhar não significa amar, somente é natural.


Esse texto reflete a opinião de seu autor, não reflete a opinião do site, nem o conhecimento adquirido pelos administradores do mesmo.

Anúncios

3 comentários sobre “Todo homem deseja outra mulher – Minha esposa que me perdoe!

Deixe seu comentário ou sugira o assunto do seu interesse para futuras publicações!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s